Twitter vai permitir que anunciantes comprem anúncios de vídeo no Periscope

(Reuters) - O Twitter vai permitir que marcas comprem espaços publicitários nos vídeos transmitidos pelo aplicativo Periscope, sinalizando um importante impulso da rede social para levantar recursos com a plataforma de vídeos ao vivo.

O Twitter comprou o Periscope em 2015.

O YouTube, força dominante de publicidade em vídeos online, tem visto retirada de anunciantes nervosos em ver suas marcas aparecendo junto a vídeos antisemitas e de outros conteúdos perturbadores para os espectadores. Companhias que já deixaram de anunciar na plataforma incluem Verizon, AT&T e Johnson & Jonhson.

Com a preocupação crescente dos anunciantes sobre isso, o Twitter está permitindo que um grupo selecionado de anunciantes veiculem suas mensagens antes do início de um vídeo no Periscope.

A ação do Twitter acumula queda de 8 por cento até agora neste ano, com preocupações de investidores sobre o lento crescimento da base de usuários e da receita com publicidade, além da cada vez maior concorrência do Instagram e do Snapchat.

(Por Tim Baysinger)