Twitter volta ao normal após interrupção global atingir milhares

Twitter

(Reuters) - O Twitter sofreu uma grande interrupção na quarta-feira, deixando milhares de usuários em todo o mundo incapazes de acessar a plataforma de mídia social ou usar seus principais recursos por várias horas, antes que voltasse a ficar online.

O incidente é a primeira aparente interrupção de serviço generalizada do site de mídia social desde que o bilionário Elon Musk assumiu o Twitter como diretor-executivo no final de outubro.

O Downdetector, um site que rastreia interrupções por meio de várias fontes, incluindo relatórios de usuários, mostrou mais de 10.000 usuários afetados nos Estados Unidos, cerca de 2.500 no Japão e cerca de 2.500 no Reino Unido no pico da interrupção.

A maioria dos relatos veio de usuários afirmando que enfrentaram problemas técnicos ao acessar a rede social via navegador da web.

Relatos de interrupções no Twitter caíram acentuadamente na noite de quarta-feira, de acordo com o site, com alguns usuários comentando mais tarde que o serviço voltou ao normal.

O Twitter não respondeu imediatamente a um pedido de comentário e a página de status da rede social mostrava que todos os sistemas estavam operacionais.

Musk tuitou na quarta-feira que "mudanças significativas na arquitetura do servidor de back-end" foram lançadas e que "o Twitter deve parecer mais rápido", mas seu post não fez nenhuma referência ao tempo de inatividade relatado pelos usuários.

Durante a interrupção, alguns usuários disseram que não conseguiram fazer login em suas contas do Twitter por meio de desktops ou laptops. Um número menor de usuários disse que o problema também afetou o aplicativo móvel e os recursos, incluindo notificações.

Outros foram ao Twitter para compartilhar atualizações e memes sobre a interrupção do serviço, com a hashtag #TwitterDown.

Algumas tentativas de fazer login no Twitter a partir de desktops geraram uma mensagem de erro dizendo: "Algo deu errado, mas não se preocupe - não é sua culpa. Vamos tentar novamente."

Musk tuitou que ainda era capaz de usar o serviço. "Funciona para mim", postou Musk, respondendo a um usuário que perguntou se o Twitter estava quebrado.

A interrupção ocorre dois meses depois que Musk concluiu sua aquisição do Twitter por 44 bilhões de dólares, que foi marcada por caos e controvérsia.

Centenas de funcionários do Twitter deixaram a empresa de mídia social em novembro, por algumas estimativas, incluindo engenheiros responsáveis por corrigir bugs e prevenir interrupções de serviço.

Milhares de usuários do Twitter também foram atingidos por interrupções globais em fevereiro e julho, antes da aquisição de Musk.

Outras grandes empresas de tecnologia também foram atingidas por interrupções este ano.

(Por Akriti Sharma, Mrinmay Dey e Shubhendu Deshmukh em Bengaluru; com reportagem adicional de Josh Horwitz em Xangai)