Tyson Fury compra cão de guarda de R$ 120 mil para proteger mansão da família na Inglaterra

O pugilista britânico Tyson Fury comprou um cão de guarda de R$ 120 mil para proteger sua mansão na Inglaterra de ladrões. Segundo o jornal "The Sun", o Gypsy King, de 33 anos, campeão mundial dos pesos pesados do Conselho Mundial de Boxe, escolheu um rottweiler para vigiar a casa de R$ 3,3 milhões em que mora com a mulher, Paris, e seus seis filhos, na cidade de Morecambe, no condado de Lancaster. Ele exibiu o cachorro no Instagram ao lado da legenda: "Bem-vindo ao time".

O pugilista entra, assim, para o time de atletas que aposta nos cães de guarda para proteger suas mansões de invasões, recorrentes nos últimos meses no país. O "The Sun" contou recentemente que Jack Grealish, do Manchester City, gastou R$ 250 mil em dois desses animais.

Raheem Sterling, do City; Dele Alli, do Everton; Marcus Rashford, do Manchester United, e Rio Ferdinand, ex-jogador e ídolo do mesmo United, também optaram por um animal treinado. Sterling comprou um rottweiler por R$ 90 mil, em 2018, enquanto Ferdinand gastou R$ 250 mil em dois pastores alemães, em 2020, de acordo com o "The Sun".

Oficalmente aposentado desde que derrotou o americano Deontay Wilder em outubro, Fury pode voltar aos ringues. É no que acreditam sua mulher, Paris, e seu agente, Bob Arum.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos