Uber diz que hacker do Lapsus$ é responsável por invasão

Uber: empresa sofreu um ataque digital na última semana (Photo by Jakub Porzycki/NurPhoto via Getty Images)
Uber: empresa sofreu um ataque digital na última semana (Photo by Jakub Porzycki/NurPhoto via Getty Images)
  • Grupo Lapsus$ está por trás dos ataques virtuais mais famosos do ano;

  • No Brasil, Lapsus$ é conhecido por estar por trás da queda dos dados do Ministério da Saúde;

  • Uber afirmou que dados sensíveis de seus usuários e motoristas não foram expostos.

A Uber afirmou nesta segunda-feira (19), que um hacker associado ao grupo Lapsus$ está por trás da invasão aos servidores da companhia na semana passada. O dano causado pelo ataque virtual ainda não foi divulgado pela empresa, que ainda está investigando o caso.

A companhia de transporte por aplicativo conseguiu informar, por enquanto, que dados sensíveis de usuários como números de cartões de crédito, contas bancárias ou detalhes de viagens não foram expostos. A empresa afirmou já estar coordenando com o FBI e com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos a investigação.

“O invasor acessou vários sistemas internos e nossa investigação se concentrou em determinar se houve algum impacto relevante”, comunicou a Uber.

Nas redes sociais, um usuário do Twitter reivindicou a responsabilidade pela invasão, divulgando capturas de tela de programas internos da empresa. O hacker afirmou que conseguiu acessar o sistema a partir de técnicas de phishing, enganando um funcionário da empresa para que lhe concedesse acesso.

De acordo com a Uber, as investigações já apontaram que o jovem é associado ao grupo hacker Lapsus$, que no último ano teria realizado ataques e invasões a diversas empresas, como o Facebook, NVIDIA, Samsung, Microsoft, Okta, Apple, Claro e no Ministério da Saúde do Brasil.

Nesta segunda-feira, o mesmo indivíduo, que atende pela alcunha de “teapotuberhacker”, reivindicou o vazamento de filmagens do jogo Grand Theft Auto VI, um dos jogos em desenvolvimento mais esperados após o sucesso de GTA V, que quebrou sete recordes em sua semana de lançamento, dentre eles o de arrecadar mais de US$ 1 bilhão nas primeiras 24 horas.