Uber lança serviço 'fura-fila' em São Paulo

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, BRASIL, 07.12. 2021 - Motorista de aplicativo ajusta celular durante corrida pelas ruas de São Paulo. (Foto: Jardiel Carvalho/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, BRASIL, 07.12. 2021 - Motorista de aplicativo ajusta celular durante corrida pelas ruas de São Paulo. (Foto: Jardiel Carvalho/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A modalidade que permite ao passageiro pagar para "furar a fila" de espera por um carro da Uber foi lançada em São Paulo e no Rio de Janeiro na última segunda-feira (14).

Segunda a empresa, o Uber Prioridade tem um valor maior que o da categoria X, a mais comum, e já está em funcionamento em outras cidades do país desde o ano passado.

Questionada pela reportagem, a Uber não apresentou detalhes de como é calculada a nova tarifa. Também não disse em quantos minutos, no máximo, embarcará quem paga por prioridade.

A Uber afirma que a modalidade será limitada a momentos de maior demanda e para viagens de até 10 km de distância. O passageiro deverá digitar os locais de início e destino e escolher a opção Prioridade. Segundo a empresa, não é necessário baixar um novo aplicativo no celular.

O horário de funcionamento da modalidade que permite furar a fila de espera não é fixo e deve acompanhar a dinâmica de movimentação da cidade. Se houver muita demanda na volta para casa, no fim do dia, por exemplo, ela estará disponível.

Nesta quarta-feira (16), no início da tarde, horário de baixa movimentação, a Prioridade não aparecia entre as opções disponíveis para passageiros que gostariam de viajar entre a Vila Mariana e a região central de São Paulo, por exemplo.

Segundo a Uber, a escolha por usar ou não a nova modalidade é opcional e os motoristas parceiros podem decidir se querem ou não aceitar as viagens.

Além das duas capitais mais populosas do país, o Prioridade já é adotado em Belém, Campinas, Curitiba, São Luis, Santos, João Pessoa, Vitória, Goiânia, Campo Grande, Cuiabá, Salvador, Recife, Belo Horizonte e Fortaleza.

A empresa foi questionada sobre vários aspectos do seu novo serviço, mas não se manifestou.

A Uber não explicou, por exemplo, quanto as corridas vão custar a mais para quem optar pelo Prioridade. Também não disse qual percentual do valor arrecadado com a modalidade será repassado aos motoristas parceiros.

A reportagem questionou em quantos minutos, no máximo, o cliente que optou pela Prioridade efetuará o embarque, mas a empresa disse que não pode garantir em quanto tempo o passageiro será atendido.

Outra dúvida não respondida é se a Uber vai conceder algum desconto na tarifa para passageiros do X que ficarem mais tempo na fila de espera.