Uber oferece plano de saúde a motoristas, mas volta atrás

·1 minuto de leitura
Tyumen, Russia - May 11,2019: Hand holds Apple iPhone XR with mobile app Uber taxi
Uber disse ter cometido um erro nos Estados Unidos e que apenas colaboradores da Califórnia serão contemplados
  • Uber manda e-mail a colaboradores dos Estados Unidos oferecendo plano de saúde

  • Empresa voltou atrás dizendo que tudo passou de um engano

  • Plano era para ter sido oferecido apenas a motoristas da Califórnia

Depois de ter enviado a seus motoristas e entregadores um e-mail em que dizia que poderia ajudar “a cobrir os custos” com plano de saúde nos Estados Unidos, a Uber voltou atrás e disse que tudo não passou de um engano. A mensagem, que dizia que era “uma boa época para adquirir seu plano de saúde” e que a empresa de tecnologia ajudaria a “cobrir todos os custos”, foi enviada em 26 de maio. As informações são do site B9.

Leia também:

Obrigação na Califórnia

No país, ter um plano é caro demais e o serviço de saúde pública é insuficiente para atender os norte-americanos. Na nova mensagem, a Uber escreveu que cometeu um erro e que apenas colaboradores da Califórnia teriam direito ao benefício. 

A empresa só ofereceu o plano aos motoristas californianos porque lá, diferentemente do resto do país, os motoristas são trabalhadores independentes, mas contratados pela empresa. No estado, todas as companhias são obrigadas a disponibilizar o benefício aos funcionários.