Uber testará ferramenta de gravação de áudio nos Estados Unidos

·2 min de leitura
Bucharest/Romania - 10.17.2020: Uber logo inscriptioned on a white painted car. Uber car in traffic.
Uber anunciou que lançará um programa de gravação de áudio em três cidades dos EUA;
  • Uber anunciou que lançará um programa de gravação de áudio em três cidades dos EUA;

  • Empresa anunciou que recebeu 6.000 relatos de agressão sexual nos EUA entre 2017 e 2018;

  • Serviço lançado nos EUA já existe em 14 países da América Latina, entre eles, o Brasil;

A Uber anunciou nesta quinta-feira que lançará um programa piloto de gravação de áudio opcional em três cidades dos Estados Unidos para aumentar a segurança, permitindo que motoristas e passageiros enviem gravações de viagem a Uber em caso de incidente de segurança, de acordo com informações da agência Reuters. 

Leia também

O Uber no final de 2019 divulgou que recebeu 6.000 relatos de agressão sexual e 107 mortes na estrada relacionadas a 2,3 bilhões de viagens nos EUA em 2017 e 2018. O recurso de gravação tem como objetivo fornecer aos motoristas e passageiros segurança adicional caso se sintam desconfortáveis ​​e permitir que os usuários para apresentar provas de como uma situação se desenrolou, disse a empresa.

Serviço já existe em 14 países da América Latina, incluindo Brasil

O recurso de gravação de áudio foi lançado na América Latina há dois anos e está disponível em 14 países da região, entre eles, o Brasil, onde foi lançado em fevereiro de 2020, por meio da plataforma U-Audio, mas será lançado nos Estados Unidos pela primeira vez. No Brasil, para gravar, primeiro, ao pedir uma viagem, se deve tocar no escudo de segurança (azul), e depois, nas ferramentas de segurança, clicar em "iniciar" no recurso de "gravar áudio".

Com lançamento em Kansas City, no Missouri, em Louisville, no Kentucky e em Raleigh-Durham, na Carolina do Norte, no final deste mês, os motoristas e passageiros poderão optar pela gravação de áudio para viagens individuais por meio do aplicativo. Os pilotos são alertados sobre os motoristas que podem estar gravando uma viagem por meio de um banner no aplicativo e podem cancelar se estiverem desconfortáveis, segundo a Uber. 

O vice-presidente de gerenciamento de produtos da Uber, Sachin Kansal, disse que a empresa aplicou as lições aprendidas na América Latina para garantir privacidade, transparência e conveniência. As gravações criptografadas são armazenadas no aplicativo Uber e os usuários não podem reproduzi-las, disse Kansal. Se ocorrer um incidente de segurança, os usuários que preenchem um relatório de segurança podem enviar a gravação para uma equipe qualificada do Uber, que pode decifrá-la, disse o vice-presidente da empresa à Reuters.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos