Ucrânia afirma que recebeu só '10% das armas' que pediu aos ocidentais

A Ucrânia recebeu de seus aliados ocidentais apenas "10% das armas" que precisa para enfrentar a invasão russa, afirmou nesta terça-feira a vice-ministra ucraniana da Defesa.

"Recebemos 10% do armamento que precisamos", disse Anna Maliar à televisão ucraniana.

"Por maiores que sejam os esforços da Ucrânia e por mais profissional que seja nosso Exército, sem a ajuda de nossos aliados ocidentais não podemos ganhar esta guerra", acrescentou.

Segundo a vice-ministra, "prazos claros devem ser definidos" para as entregas de armamento, pois "cada dia de atraso é mais um dia contra a vida dos soldados ucranianos e de nosso povo".

"Não podemos esperar mais porque a situação é muito difícil", afirmou quando as tropas russas progressivamente se apoderam da região de Luhansk, na bacia do Donbass(leste).

Pouco antes, o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, apelou pelo envio  "rápido (...) de mais armas e equipamentos militares", porque "os russos têm dez, cem vezes mais" armas que os ucranianos.

O exército ucraniano, afirmou Zelensky em uma videoconferência com jornalistas, precisa principalmente de "armas de longo alcance" e de "veículos blindados".

bur-rbj/mj/js/eg/jc

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos