Ucrânia diz que centenas de instalações de saúde foram danificadas com invasão russa

KIEV (Reuters) - O Ministério da Saúde da Ucrânia disse que pelo menos 18 profissionais de saúde morreram e quase 900 estabelecimentos de saúde foram danificados ou destruídos pela invasão russa da Ucrânia, que entrou em seu sexto mês neste domingo.

Em um post no Facebook, o Ministério da Saúde disse que mais de 50 profissionais de saúde foram feridos por ataques russos desde 24 de fevereiro, quando Moscou enviou dezenas de milhares de soldados para a Ucrânia na maior guerra europeia desde 1945.

Segundo o post, 123 estabelecimentos de saúde na Ucrânia foram totalmente destruídos pela invasão, enquanto outros 746 precisavam de reparos.

A Rússia nega visar deliberadamente civis ou profissionais de saúde e diz que está realizando uma "operação militar especial" na Ucrânia para combater nacionalistas.

Kiev diz que o Kremlin está usando "terrorismo" para forçar os ucranianos a aceitar um acordo de paz humilhante.

(Por Max Hunder)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos