Ucrânia diz que referendos russos destruirão possibilidade de negociações

Veículo blindado russo destruído é mostrado em Kiev

KIEV (Reuters) - Quaisquer referendos sobre adesão à Rússia em territórios ucranianos ocupados pela Rússia destruirão qualquer janela restante para negociações entre Kiev e Moscou, disse porta-voz do gabinete do presidente ucraniano nesta terça-feira, de acordo com a publicação ucraniana Liga.net.

"Sem os referendos, ainda há a menor chance de uma solução diplomática. Depois dos referendos - não", disse Serhiy Nykyforov, segundo a Liga.net.

Ele fez os comentários em resposta ao anúncio de autoridades russas instaladas em quatro regiões ucranianas ocupadas sobre planos para referendos nos próximos dias para adesão formal à Rússia.

O assessor presidencial Mykhailo Podolyak escreveu no Twitter mais tarde que quaisquer referendos devem ser acompanhados por um aumento nas sanções econômicas à Rússia e fornecimento de armas para a Ucrânia, incluindo mísseis ATACMS que têm um alcance maior do que qualquer sistema de armas ucraniano conhecido no momento.

"O Kremlin se opõe ao fornecimento de tanques modernos e ATACMS para a Ucrânia? É hora de entregá-los", disse ele.

(Reportagem de Max Hunder)