Ucrânia em luto por bailarino que pegou em armas pelo seu país

Por Andrii Pryimachenko

KIEV (Reuters) - Um importante dançarino ucraniano de balé que morreu esta semana lutando na linha de frente da guerra do seu país contra invasores russos foi homenageado neste sábado na Ópera Nacional da Ucrânia.

A Ópera Nacional descreveu Oleksandr Shapoval como um “corajoso romântico” e um bravo guerreiro que morreu sob ataques de morteiros russos no leste da Ucrânia em 12 de setembro.

Pessoas em luto, incluindo soldados da unidade de Shapoval, guardas de honra e membros da comunidade artística de Kiev se aglomeraram no lobby da casa de ópera, colocando flores em seu caixão antes de ele ser envolto em uma bandeira azul e amarela da Ucrânia.

Shapoval, 47, se aposentou de uma longa carreira como dançarino na Ópera Nacional ano passado e começou a dar aulas em Kiev antes de se juntar à guarda territorial para defender a capital da invasão da Rússia que começou em 24 de fevereiro.

Depois, ele se voluntariou ao Exército e lutou na região de Donetsk, no leste da Ucrânia, que recebeu alguns dos conflitos mais intensos da guerra.