Ucrânia lutará até a 'vitória', diz Zelensky em mensagem de fim de ano

O presidente ucraniano, Volodimir Zelensky, assegurou, neste sábado (31), em mensagem de fim de ano, que a Ucrânia vai continuar lutando até a "vitória" na guerra contra a Rússia e até recuperar todos os territórios ocupados ou anexados por Moscou.

"Lutaremos e continuaremos lutando. Para tornar realidade esta palavra: a vitória", declarou Zelensky em seu discurso de fim de ano, no qual disse esperar que 2023 seja "o ano da recuperação (...) das nossas terras".

O ano de 2022 foi aquele em que a "Ucrânia mudou o mundo", acrescentou Zelensky, referindo-se à resistência frente à invasão russa.

"Disseram-nos que nos rendêssemos. Mas escolhemos o contra-ataque! Disseram-nos que fizéssemos concessões e acordos. Mas nos uniremos à Otan e à UE", acrescentou.

Depois que nos últimos meses se multiplicaram os bombardeios russos às infraestruturas de energia ucranianas, Zelensky destacou "a resistência a todas as ameaças, aos bombardeios, às bombas de fragmentação, aos mísseis de cruzeiro, à escuridão e ao frio".

"Quero desejar-lhes uma coisa a cada um de nós: a vitória. É o essencial. O único desejo para todos os ucranianos", disse no encerramento de sua mensagem.

bur/eb/dga/mvv