Ucrânia: ONU monitoriza danos culturais com imagens de satélite

A Organização das Nações Unidas (ONU) está a monitorizar a destruição de sítios culturais ucranianos, analisando imagens de satélite que mostram o antes e o depois dos ataques. Há 12 regiões do país que estão a ser analisadas ao pormenor.

"Os diferentes pontos de cor representam o nível de danos em cada um dos edifícios atingidos em Mariupol, numa dada data. Quando realizamos a avaliação dos danos em toda a cidade, também avaliamos os danos que ocorreram nesse local, a pedido da UNESCO. Este é um exemplo - no caso, um teatro em Mariupol - em que a avaliação e classificação foi de danos graves", explicou Manuel Fiol, analista sénior do Centro de Satélite da ONU (UNOSAT).

Esta monitorização vai ser partilhada numa plataforma na Internet e já estão confirmados danos em 207 sítios, informação que a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) disponibilizou no seu sítio na Internet, detalhada em diferentes categorias de instituições que foram afetadas.

Entre eles estão 88 edifícios religiosos, 15 museus e 10 bibliotecas.

"A nossa principal responsabilidade é garantir que temos informação disponível sobre a situação destes edifícios, por forma a preparar a sua recuperação, mas sabemos que, em circunstâncias anteriores, esta documentação foi também utilizada pelas autoridades do país para investigarem alegados crimes de guerra", afirmou Krista Pikkat, diretora cultural e de emergências da UNESCO.