Ucrânia recuperou cerca de 20% do território perdido em Sievierodonetsk, diz líder regional

Membros da unidade de voluntários estrangeiros que lutam no Exército ucraniano ficam perto de veículo, enquanto ataque russo continua em Sievierodonetsk

(Reuters) - Forças ucranianas recuperaram cerca de 20% do território que haviam perdido em Sievierodonetsk durante conflitos com a Rússia, afirmou o líder da região de Luhansk, leste do país, nesta sexta-feira.

“Enquanto antes a situação era difícil, a porcentagem (controlada pela Rússia) era de cerca de 70%, agora nós os obrigamos a recuar cerca de 20%”, disse Serhiy Gaidai à emissora nacional.

A Rússia concentrou suas forças na batalha pela cidade, que Moscou precisa tomar para conseguir o seu objetivo de dominar toda a província de Luhansk. O presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, disse na quinta-feira que as forças do seu país haviam conseguido certo sucesso na região.

Gaidai afirmou que os russos estavam bombardeando posições ucranianas por horas, antes de avançarem, mas foram obrigados a recuar por soldados que não haviam sido feridos, com o padrão se repetindo.

“É assim que eles estão avançando, passo a passo, porque com artilharia, aviões e morteiros, eles simplesmente destroem tudo”, disse.

“Mas assim que tivermos armas de longo alcance suficientes do Ocidente, vamos fazer com que a artilharia se afaste de nossas posições. E depois, acredite, a infantaria russa vai simplesmente sair correndo.”

(Reportagem de David Ljunggren)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos