Ucrânia: "resultado da guerra será decidido no campo de batalha"

Apesar das bombas russas, os ucranianos não se deixam desmoralizar e as sanções estão a dar resultados, diz o embaixador da União Europeia para a Ucrânia.

De visita a Bruxelas, Matti Massikas referiu, em entrevista à Euronews, que negociar com Moscovo significaria reconhecer as conquistas territoriais russas.

"Está claro que se os ataques parassem hoje, o processo de negociação continuaria ao estilo: o que é nosso é nosso, o resto nós podemos negociar. Ficou muito claro, do ponto de vista ucraniano, que é preciso resistir. Há um apoio público muito sólido para isso. Mais de 80% dos ucranianos acreditam que a Ucrânia vencerá a guerra e opõem-se a qualquer concessão aos russos, em termos de entrega de territórios. Nesta situação, os parceiros ocidentais da Ucrânia apoiam ao país. O resultado desta guerra será decidido no campo de batalha", insistiu o embaixador.

Clique no vídeo acima para acompanhar o resto da entrevista com Matti Massikas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos