Ucrânia: sobe para 30 número de mortos em ataque russo a bloco habitacional

Equipes de resgate trabalham nos escombros de prédio residencial em Chasiv Yar

Por Anna Voitenko

CHASIV YAR, Ucrânia (Reuters) - O número de mortos em um ataque com foguete russo que atingiu um bloco de apartamentos no leste da Ucrânia no fim de semana subiu para 30 nesta segunda-feira, enquanto equipes de resgate procuravam por sobreviventes nos escombros, disse uma autoridade do gabinete presidencial.

Tijolo por tijolo, as equipes de resgate vasculhavam um enorme monte de escombros que restava de um bloco de cinco andares atingido na noite de sábado na cidade de Chasiv Yar, na província de Donetsk.

Repórter da Reuters viu equipes de resgate tirarem um sobrevivente das ruínas para uma maca e levarem os corpos de duas pessoas em sacos brancos. Os soldados também ajudavam no esforço de resgate.

Nove pessoas foram resgatadas até agora, disse o Serviço de Emergência do Estado.

Kyrylo Tymoshenko, vice-chefe do gabinete presidencial, afirmou que as equipes de resgate removeram 65% dos escombros, pesando cerca de 170 toneladas, até o início da noite de segunda-feira (horário local).

A Rússia, que invadiu a Ucrânia em fevereiro no que chama de operação militar especial, nega atacar civis.

O Ministério da Defesa russo disse nesta segunda-feira que "armas terrestres de alta precisão... destruíram o ponto de mobilização temporário" de uma unidade de defesa territorial ucraniana em Chasiv Yar.

A Rússia deve concentrar seu ataque no leste da Ucrânia na província de Donetsk, depois de reivindicar a captura da vizinha Luhansk. Juntas, as duas províncias compõem a região industrial mais ampla de Donbas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos