Ucrânia vai receber mais 400 milhões de dólares em ajuda militar dos EUA

O Conselheiro principal do Presidente Joe Biden, Jake Sullivan encontrou-se, esta sexta-feira, com o Presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskyy, em Kiev, para reafirmar o apoio dos EUA na guerra para acabar com a invasão russa.

Os EUA vão enviar à Ucrânia mais 400 milhões de dólares em ajuda militar e estabelecer uma sede de assistência à segurança na Alemanha, que supervisionará todas as transferências de armas e treino militar para a Ucrânia, anunciou o Pentágono.

Nas zonas desocupadas, as autoridades ucranianas continuam a encontrar corpos de civis. Desde o início das medidas de desocupação, a polícia nas regiões de Donetsk, Kharkiv e Kherson encontrou os corpos de 868 civis, dos quais 24 são crianças.

Por seu lado, o Presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskyy, sugeriu que os russos estavam a fingir uma retirada de Kherson a fim de atrair o exército ucraniano. Na cidade, as unidades de saúde não funcionam e há problemas no abastecimento de alimentos.