Ucrânia: sobreviventes relatam ataque russo a shopping center

Bombeiros e soldados trabalham na busca por desaparecidos em meio aos escombros de shopping na Ucrânia. (Foto: REUTERS/Anna Voitenko)
Bombeiros e soldados trabalham na busca por desaparecidos em meio aos escombros de shopping na Ucrânia. (Foto: REUTERS/Anna Voitenko)
  • Ataque ocorreu nesta segunda-feira

  • Ao menos 18 pessoas morreram, segundo autoridades da Ucrânia

  • Rússia alega que tinha 'alvo militar legítimo'

Um míssil russo atingiu um shopping center lotado na cidade de Kremenchuk, na região central da Ucrânia, nesta segunda-feira (27). Autoridades já confirmaram 18 mortes, enquanto buscam ao menos 36 pessoas desaparecidas.

Um dos sobreviventes, Mykola Mykhailets, comentou as cenas de horror que presenciou. "Vi muitas pessoas feridas, pessoas queimadas, algumas cobertas de sangue. Uma menina caiu e nós a ajudamos a puxá-la. Ela continuou caindo e perdendo a consciência, mas tentamos ajudá-la.”

Sua esposa, Ludmyla Mykhailets, de 43 anos, conta que o casal fazia compras no momento da explosão. "Eu voei de cabeça e estilhaços atingiram meu corpo. O lugar inteiro estava desmoronando", contou enquanto recebia atendimento em um hospital da região.

Bombeiros e soldados atuam nos resgate. Após horas revirando os escombros, um bombeiro se lamentou, exausto: "Retiramos cinco corpos. Não encontramos ninguém vivo.”

Presidente ucraniano acusa Rússia

Volodymyr Zelensky, presidente ucraniano, acusou Moscou de ter civis como alvo no ataque. Ele chamou o ocorrido de “um dos ataques terroristas mais desafiadores da história europeia".

Já a Rússia alega que tinha como objetivo destruir um alvo militar legítimo: um depósito com armas ocidentais. Segundo o Ministério da Defesa, a explosão do depósito provocou o incêndio no shopping, que fica ao lado. Ainda segundo autoridades russas, o centro comercial estava em desuso e vazio no momento do ataque.

Líderes do G7 soltaram um comunicado conjunto no qual classificaram o ataque como “abominável”.

"O presidente russo [Vladimir] Putin e os responsáveis ​​serão responsabilizados", afirma a nota.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos