UE acelerará autorização de vacinas adaptadas a variantes do coronavírus

·1 minuto de leitura
Uma vacina AstraZeneca/Oxford prestes a ser injetada em um hospital perto de Paris em 7 de fevereiro de 2021

A União Europeia (UE) acelerará o processo de autorização das vacinas adaptadas às novas variantes do coronavírus, disse neste domingo (14) a comissária europeia da Saúde, após as críticas ao bloco por demorar na gestão da vacinação.

"Analisamos com a Agência Europeia de Medicamentos o procedimento", declarou Stella Kyriakides ao jornal alemão Augsburger Allgemeine.

"E decidimos que a partir de agora uma vacina aperfeiçoada por um fabricante para combater as novas variantes com base em uma vacina já existente" e certificada "não precisará passar todas as etapas de autorização", afirmou.

"Isso tornará mais rápido ter à disposição as vacinas adaptadas, sem ter que reduzir os critérios de segurança", acrescentou a comissária.

A Comissão Europeia tem sido muito criticada pela sua lentidão no início das campanhas de vacinação nos países da UE, devido aos processos de certificação e aos pedidos das doses.

Kyriakides se defendeu das críticas, apesar de reconhecer não estar "satisfeita" com a situação atual.

"Seria falso fingir que cometemos erros", disse, lembrando que a UE conseguiu reservar 700 milhões de doses para uma entrega até o final do terceiro trimestre de 2021.

ylf/pz/es/pc/aa