UE anuncia cúpula presencial em 25 de maio sobre pandemia, clima e Rússia

·1 minuto de leitura
Ursula von der Leyen fala com Charles Michel durante uma conferência de imprensa realizada no final do primeiro dia de uma videoconferência da UE em 25 de março de 2021 em Bruxelas

Os chefes de Estado e de governo dos países da UE realizarão uma cúpula presencial em Bruxelas em 25 de maio para discutir a pandemia de coronavírus, o combate à mudança climática e as tensões com a Rússia, anunciou um porta-voz do Conselho Europeu.

Várias reuniões recentes no máximo nível da União Europeia foram realizadas mediante vídeoconferência devido à pandemia, mas o escritório de Charles Michel, presidente do Conselho Europeu, destacou nesta sexta-feira que a cúpula de maio será presencial.

Um dos assuntos prioritários da agenda deve ser o estado atual das campanhas de vacinação contra a covid-19 nos 27 países da UE, e a possível emissão de um certificado sanitário de aceitação geral no bloco.

A reunião também se concentrará no agravamento das tensões entre Bruxelas e Moscou, particularmente as que se referem à Ucrânia.

A UE também se mantém atenta à situação do líder opositor russo Alexei Navalny, e à recente crise entre Rússia e a República Tcheca, que incluiu a expulsão recíproca de diplomatas.

Em relação à mudança climática, a reunião deve servir para que os chefes de Estado e de governo definam o apoio à meta de reduzir pelo menos 55% das emissões de gases de efeito estufa para 2030.

Este objetivo foi adotado na quarta-feira em Bruxelas pelos representantes permanentes dos 27 países da UE e do Parlamento Europeu.

ahg-fmi/ahg/mar/aa