UE classifica anúncio de referendos na Ucrânia de "farsa"

Os líderes separatistas apoiados pelo regime russo dizem que planeiam realizar referendos nas zonas ocupadas do leste e sudeste da Ucrânia e Putin anunciou que iria reconhecer os resultados.