Seul e Pyongyang já têm uma linha telefônica direta para a cúpula

Seul, 20 abr (EFE).- As duas Coreias já têm, a partir desta sexta-feira, uma linha telefônica direta entre o líder do Norte, Kim Jong-un, e o presidente do Sul, Moon Jae-in, antes da cúpula histórica que será realizada no próximo dia 27 de abril.

A linha comunica diretamente a Casa Azul (escritório presidencial sul-coreano) com a Comissão de Assuntos de Estado norte-coreana, presidida por Kim, segundo explicou hoje em comunicado um dos responsáveis do comitê preparatório sul-coreano para a cúpula.

No caso sul-coreano, o telefone para a mencionada linha se encontra "sobre a mesa do presidente Moon" e Seul realizou uma chamada de teste e a "conexão foi perfeita", acrescenta a nota Pyongyang também fez depois outra chamada, sem problemas técnicos.

Seul defendeu que uma linha telefônica direta entre os dois líderes é fundamental para aliviar as tensões, além das fronteiras porque contribui para evitar mal-entendidos ou falhas na comunicação dos dois países, tecnicamente ainda em guerra, que poderiam levar a um choque bélico.

Embora não tenha confirmado oficialmente, acredita-se que Moon e Kim poderiam manter uma conversa telefônica nos próximos dias, antes da cúpula do dia 27.

Os dois líderes se reunirão neste dia na fronteira militarizada intercoreana, para discutir a possível desnuclearização do regime de Pyongyang, sendo a primeira cúpula entre líderes dos dois países em 11 anos. EFE