UE diz que conversas com Irã são "positivas o suficiente" para reabrir negociações

Josep Borrell durante entrevista coletiva em Bruxelas

Por John Irish

WEISSENHAUS, Alemanha (Reuters) - O chefe de política externa da União Europeia disse nesta sexta-feira que acredita que houve progresso suficiente durante as consultas entre seu enviado e autoridades iranianas em Teerã nesta semana para reabrir as negociações nucleares após dois meses de impasse.

As negociações para retomar o acordo nuclear de 2015 do Irã com as potências mundiais estão suspensas desde março, principalmente devido à insistência de Teerã de que os Estados Unidos removam a Guarda Revolucionária Islâmica da lista de organizações terroristas do país.

Falando durante a volta à Europa do coordenador de negociações Enrique Mora, Josep Borrell afirmou que a resposta do Irã foi "positiva o suficiente" depois que Mora transmitiu uma mensagem de que as coisas não poderiam continuar como estavam.

"Essas coisas não podem ser resolvidas da noite para o dia", disse Borrell a repórteres em uma reunião de ministros das Relações Exteriores do G7 no norte da Alemanha. "Digamos que as negociações foram bloqueadas e estão sendo desbloqueadas", com a perspectiva de "chegar a um acordo final".

O esboço geral do acordo que visa retomar o pacto que restringe o programa nuclear do Irã em troca do alívio das sanções econômicas foi essencialmente fechado em março.

Desde então, no entanto, ocorre um impasse após demandas russas de última hora e a disputa sobre a lista de Organização Terrorista Estrangeira dos EUA.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos