UE não está onde gostaria na vacinação contra Covid-19, diz presidente da Comissão Europeia

Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, debate estratégia de vacinação contra Covid-19 em Bruxelas

BRUXELAS (Reuters) - A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, reconheceu nesta quarta-feira que a União Europeia não está onde gostaria na luta contra o coronavírus.

"Nos atrasamos com a aprovação (das vacinas). Fomos otimistas demais com a produção em massa. E talvez também tenhamos tido muita certeza de que as encomendas seriam entregues no prazo", disse ela durante um debate no Parlamento Europeu sobre a estratégia de vacinação do bloco.

(Reportagem de Philip Blenkinsop)