UE pede libertação de jornalista chinesa que filmou lockdown em Wuhan

·2 min de leitura

A União Europeia pediu nesta terça-feira (23) que a China liberte imediatamente a jornalista independente Zhang Zhan, presa há mais de um ano por ter filmado o início do lockdown em Wuhan, em fevereiro de 2020. A cidade é considerada como "o berço da Covid-19".

Ex-advogada natural de Shangai, Zhang Zhan, de 38 anos, foi detida em 15 de maio de 2020 por ter realizado uma reportagem sobre a pandemia de Covid-19 na China. Em fevereiro de 2020, ela se deslocou até Wuhan para gravar os primeiros dias do lockdown na cidade. Suas imagens que mostravam os doentes amontoados em um hospital exibiram a situação calamitosa que enfrentava a metrópole, a primeira atingida pela Covid-19.

A jornalista independente foi condenada a quatro anos de prisão no final de 2020 por "provocação à alteração da ordem pública". A justificativa é frequentemente utilizada na China para deter opositores políticos.

Desde junho de 2020, ela faz uma greve de fome para denunciar a repressão das autoridades chinesas. No início deste mês, o irmão da jornalista, Zhang Ju, alertou que ela "corre o risco de não viver muito mais tempo".

Tratamento médico

Em declaração no Twitter, a porta-voz da diplomacia europeia, Nabila Massrali, pediu que a China tome todas medidas necessárias para que a jornalista receba um tratamento médico de emergência e que tenha acesso a familiares e advogados.

"O estado de saúde de Zhang Zhan se agrava rapidamente enquanto ela permanece na prisão. Zhang sofre, entre outras coisas, de desnutrição grave", reiterou Massrali, porta-voz do chefe da diplomacia europeia Josep Borrell.


Leia mais

Leia também:
China: jornalista que denunciou início da pandemia é condenada a 4 anos de prisão
UE e EUA pedem à China libertação imediata de Zhang Zhan, jornalista que denunciou pandemia em Wuhan
Jornalista chinês que cobria crise do coronavírus em Wuhan está desaparecido

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos