UE precisa de mais capacidade de produção de vacinas, diz Merkel

·1 minuto de leitura
Chanceler alemã, Angela Merkel, no Parlamento em Berlim

BERLIM (Reuters) - Líderes da União Europeia discutirão sobre como garantir que mais vacinas sejam feitas na Europa, já que os problemas do bloco com fornecimento de imunizantes contra a Covid-19 se devem à falta de capacidade de produção e não a poucas encomendas, disse a chanceler da Alemanha, Angela Merkel.

"As unidades de produção britânicas estão produzindo para o Reino Unido e os Estados Unidos não estão exportando, então dependemos do que podemos fazer na Europa", disse ela a parlamentares antes de um encontro de líderes da UE nesta quinta.

"Temos que assumir que o vírus, com sus mutações, irá nos ocupar por um longo tempo, então a questão vai além deste ano", acrescentou ela.

Além disso, mais trabalho precisa ser feito para garantir que o resto do mundo seja abastecido com vacinas, já que, caso contrário, novas mutações continuarão a surgir, e algumas delas poderão ser resistentes à vacina, disse Merkel.

(Reportagem de Thomas Escritt)