UE e Roma fecham acordo sobre créditos vencidos

A Comissária europeia para a concorrência, Margrethe Vestager, em Bruxelas, no dia 11 de janeiro de 2016

A Comissária europeia para a concorrência, Margrethe Vestager, e o ministro das Finanças italiano, Pier Carlo Padoan, chegaram nesta terça-feira à noite a um acordo sobre o mecanismo de garantia para créditos vencidos dos bancos peninsulares que passam por dificuldades.

"Foi alcançado um acordo com a União Europeia (UE) sobre o mecanismo de garantia para os créditos vencidos" dos bancos que atualmente passam por dificuldades, declarou Padoan, depois de sair de uma reunião em Bruxelas com Vestager, que durou quase cinco horas.

Os créditos duvidosos na Itália alcançam um montante de 200 bilhões de euros e são considerados um freio à reativação econômica do país, visto que impedem os bancos de conceder empréstimos a empresas e/ou famílias.