Uefa pode excluir Real, Barça e Juve da Liga dos Campeões

Presidente da UEFA não está gostando das conversas entre Real Madrid, Barcelona e Juventus. Foto: Fabrice Coffrini/AFP via Getty Images
Presidente da UEFA não está gostando das conversas entre Real Madrid, Barcelona e Juventus. Foto: Fabrice Coffrini/AFP via Getty Images

O presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, revelou que Real Madrid, Barcelona e Juventus podem ser excluídos da Liga dos Campeões, já que os três gigantes europeus continuam conversando sobre uma possível Superliga.

Após o lançamento fracassado da Superliga Europeia no ano passado, os dois clubes da La Liga e da Série A seguiram o conceito, não se retirando formalmente da proposta como os protagonistas da ideia.

Leia também:

Com um tribunal de Madrid autorizando a UEFA a sancionar os três clubes que ainda querem lançar uma competição separatista, Ceferin insiste que o órgão dirigente agirá, mas isso só vai acontecer assim que o processo de apelação for resolvido.

Falando em entrevista ao jornal francês L'Equipe, Ceferin disse sobre a situação: “Primeiro, a decisão sempre pode ser apelada. Quando o processo terminar, podemos agir”, explicou.

Quando perguntado diretamente se a Uefa poderia excluir Real, Barça e Juve das competições da Uefa, Ceferin disse: "Claro que é possível. Mas é a [decisão do] Comité Disciplinar da UEFA, que é independente”, se esquivou.

Na mesma entrevista, Ceferin também admitiu que o conceito original da UEFA de conceder dois lugares extras na Liga dos Campeões a partir de 2024 para equipes com coeficientes mais altos foi um erro de julgamento.

A decisão aconteceu após a entidade repensar que verá duas vagas extras concedidas às nações que coletivamente tiveram o melhor desempenho na Europa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos