UFC São Paulo definirá rumos da carreira de Renan Barão

Barão perdeu sete das últimas nove lutas no UFC (Josh Hedges/Zuffa LLC/Getty Images)

Ex-campeões ocupam uma prateleira diferenciada dentro do UFC, mas o tratamento especial dispensado pela organização não é eterno. Renan Barão, que já foi apontado pelo presidente da franquia como o melhor lutador peso-por-peso do mundo, precisa vencer sábado, pelo UFC São Paulo, para garantir seu emprego.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

O caso de Barão é curioso e difícil de explicar até mesmo para aqueles que o acompanham há muito tempo. Quando comecei a cobrir o esporte, Barão, que à época treinava nas equipes Kimura e Nova União, em Natal e Rio de Janeiro, era um promissor peso-galo com apenas uma derrota em 12 combates. Barão, então, emplacou 13 vitórias em sequência para assinar com o WEC.

Leia tudo sobre MMA e lutas no Yahoo Esportes

Barão liquidou oponentes no WEC e UFC com performance impecáveis até finalmente ter sua chance ao título, batendo o ídolo californiano Urijah Faber e defendendo o trono em três oportunidades. Assistir às lutas de Barão era um deleite.

O cenário, porém, começou a mudar em 2014, quando o atleta foi nocauteado por T.J. Dillashaw. De lá para cá, Barão acumulou derrotas, problemas com a balança e performances irreconhecíveis. Nem mesmo as mudanças de equipe surtiram efeito. As duas solitárias vitórias que Barão conquistou nas últimas nove vezes que entrou na jaula do UFC vieram às custas de muito suor, e longe do brilho de outrora.

Foi surpreendente ver o UFC dar mais uma oportunidade ao brasileiro após falhar no corte de peso diversas vezes, cancelar uma disputa de cinturão ao desmaiar no banheiro, e tropeçar diante de atletas sem a menor grife no esporte, como o estreante Andre Ewell, que derrotou Barão no UFC São Paulo de 2018.

O UFC não virá à público afirmar que o contrato de Barão está em jogo no evento este sábado, quando enfrenta o compatriota Douglas D’Silva, mas um quinto revés consecutivo no octógono deixaria incontornável a situação do ex-campeão.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter