Último filme de Charlbi Dean, que morreu aos 32 anos, foi premiado em Cannes

Charlbi Dean em
Charlbi Dean em "Triangle of Sadness". Foto: Divulgação/BBC Films

Resumo da notícia:

  • Último filme de Charlbi Dean foi premiado em Cannes 2022

  • Atriz nos deixou na última segunda-feira (29), vítima de uma "doença súbita"

  • Ela estrela "Triangle of Sadness", comédia sobre um casal de celebridades em um navio de luxo

Charlbi Dean nos deixou aos 32 anos de idade na última segunda-feira (29), vítima de uma "doença súbita", que não foi divulgada. Conhecida por estrelar "Raio Negro", série da DC, atriz fez seu último papel em "Trangle of Sadness", de Ruben Ostlund. O detalhe é que o longa foi premiado em Cannes.

A produção levou a Palma de Ouro do Festival de Cannes 2022, prêmio de maior prestígio da cerimônia. De acordo com o The Hollywood Reporter, o filme estrelado por Harris Dickinson, Charlbi Dean e Woody Harrelson foi ovacionado por sete minutos após a exibição.

Nas redes sociais, Dean chegou a celebrar a vitória e agradecer ao cineasta pela oportunidade. "Serei sempre grata a você por confiar em mim para fazer parte de sua genialidade. Mal posso acreditar que eu tive o melhor ano fazendo esse filme, durante um dos momentos mais difíceis da minha vida", publicou.

Ainda sem previsão de estreia no Brasil, a trama retrata um casal de celebridades da moda durante uma viagem em um cruzeiro de luxo exclusivo para ricos. Temas como racismo, machismo e hipocrisias sociais são abordados no filme.

Nascida em 1990, Charlbi Dean passou a trabalhar como atriz com 20 anos ao estrelar o filme sul-africano "Spud", de 2010. Já em "Raio Negro", série da DC exibida pela Netflix no Brasil, ela ganhou o mundo por viver a assassina Syonide a partir de 2018. A atriz ainda pode ser vista em produções como "Entrevista com Deus", "Don't Sleep" e "Elementaríssimo".