Ultras do PSG pedem boicote ao novo uniforme: 'não respeita a nossa história'

·1 minuto de leitura

O PSG lançou nesta sexta-feira seu novo uniforme para a temporada 2021-2022, que provocou indignação no grupo de ultras do time. O torcedroes pedem um boicote à camisa, que, segundo eles, " não respeita a história" do clube.

A lançamento tem a cor azul marinho como predominante, e dispensa a faixa linha vertical em vermelho no centro. O modelo não agradou os ultras, que consideraram uma afronta às "cores tradicionais" da equipe parisiense.

“Acreditamos que a identidade de um clube passa pelo respeito às cores que o tornam único. Não fazemos marketing, mas sabemos que o respeito é necessário para uma instituição forte”, diz o comunicado postado no Twitter pelo grupo denominado "CUP".

O grupo pede ainda aos demais torcedores um boicote, e que "passarem a não comprar uma camisa que não respeite a nossa história”.

Por sua vez, o clube explica em comunicado que a camisa da próxima temporada é "fiel" ao seu DNA e tem "grande elegância e estilo parisiense".

Nos vídeos de divulgação do traje, divulgados nesta sexta, o clube usou o atacante Mbappé como "modelo oficial". A camisa é fruto de uma parceria entre a equipe e a empresa de Michael Jordan. Os preços vão de 90 euros (R$ 578) na versão torcedor e 140 euros (R$ 900) na versão jogador.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos