Um ano após separação, Débora Nascimento fala sobre relação com José Loreto: 'Amigos até hoje'

Talita Duvanel
Débora Nascimento

Depois de ouvir que Bella, a bebê de 1 ano e 9 meses que brinca na suíte do sítio Lago Buriti, em Guaratiba, é a cópia do pai, o ator José Loreto, Débora Nascimento saca o celular da bolsa com a “contraprova”. A atriz mostra uma foto sua quando criança para atestar que a menina também se parece com ela. “Todo mundo acha que é a cara dele até ver como eu era pequenininha”, diz a paulistana, de 34 anos, em tom de brincadeira.

Se na aparência ela já reconhece semelhanças, na personalidade tem dificuldades em prever. “Sou uma mãe fluida. A cada semana, a cada mês, ela é uma bebê; e eu, uma mulher diferente.”

As mudanças se intensificaram não só com a maternidade, mas também por causa da exposição pública de sua separação em fevereiro de 2019. O casamento com José Loreto, de 35, chegou ao fim em meio à especulação de que ele teria tido um caso com uma colega de trabalho. O que era um momento privado virou assunto nacional: Loreto traiu ou não Débora? Se sim, com quem?

Quase um ano depois, a atriz não responde a essas perguntas, mas reflete sobre o ti-ti-ti: “Foi uma montanha-russa de emoções e acontecimentos ímpares que me trouxeram crescimento pessoal e percepções que antes eu não tinha”, diz Débora. “O que as pessoas falavam, questionavam, impunham ou exigiam, dizia muito mais sobre a história delas do que sobre a minha”, relembra a atriz.

Passada a separação propriamente dita, a curiosidade do povo não cessou, e a vida privada de Débora se manteve nas manchetes. Vários veículos chegaram, inclusive, a cravar que ela estava ficando com uma mulher, em maio do ano passado. “Ficam com um frisson de me imaginar com qualquer pessoa, mas acho que, de novo, isso diz muito sobre o outro e a nossa sociedade. O que mais me chocou foi: com tudo o que estamos passando no nosso país e no mundo, a comoção foi o sexo de quem eu podia estar interessada.”

A vida com Bella

Nos fins de semana, Débora reveza com José os cuidados da menina, da mesma forma que ela viveu na infância. “Não foi um pânico ter me separado com a Bella pequena. Meus pais se divorciaram quando eu tinha 2 anos e meio e meu irmão, meses. Fiquei bem e sabia que ela ficaria também”, diz, garantindo que mantém uma boa relação com o ex-marido. “Eu e José somos amigos até hoje. Não o amo como homem, mas vou amá-lo como amigo para sempre. Moramos perto, e Bella pode ver os dois no mesmo dia. Somos muito parceiros.”

O novo namorado, as dificuldades da maternidade e os planos para 2020: leia a entrevista completa