Um ano sem Elza Soares: as músicas mais tocadas da cantora no Brasil

Artista morreu em 20 de janeiro de 2022, aos 91 anos

Elza Soares se apresentando na Casa Natura Musical em 9 de março de 2018 em São Paulo, Brasil. (Foto: Mauricio Santana/Getty Images)
Elza Soares se apresentando na Casa Natura Musical em 9 de março de 2018 em São Paulo, Brasil. (Foto: Mauricio Santana/Getty Images)

Há um ano, um dos maiores ícones da música popular brasileira nos deixava aos 91 anos. Elza Soares construiu uma carreira de sucesso e marcou a vida dos brasileiros com legado musical e voz marcante. De acordo com estudo do Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição), a artista possui 930 gravações cadastradas na gestão coletiva da música no Brasil como intérprete.

No Spotify, a artista tem mais de um milhão de ouvintes mensais e sua música mais popular na plataforma é "Mulher no Fim do Mundo".

Saiba quais são as 10 músicas gravadas por Elza Soares como intérprete mais tocadas nos últimos cinco anos no Brasil:

“Malandro” (Jorge Aragão / Jotabê)

“Tem que Rebolar” (Magnno de Oliveira / Jose Baptista)

“Na Pele” (Pitty)

“Mulher do Fim do Mundo” (Alice Coutinho / Romulo Flores)

“Comportamento Geral” (Gonzaguinha)

“Tempo Não Para” (Cazuza / Arnaldo Brandão)

“Maria de Vila Matilde” (Douglas Germano)

“Façamos” (Carlos Renno / Cole Porter)

“Se Acaso Você Chegasse” (Felisberto Martins / Lupicínio Rodrigues)

O estudo do Ecad também informa que nos últimos cinco anos, Elza teve mais de 85% de seus rendimentos em direitos autorais provenientes dos segmentos de televisão, rádio e shows. Segundo a Lei de Direitos Autorais, os herdeiros da artista vão receber os rendimentos relacionados às suas músicas por 70 anos após a sua morte (ou do último autor, nos casos de parcerias).

Elza Soares gravou álbum e DVD de memórias dois dias antes de morrer

Elza Soares, que expressava seu desejo de cantar até o fim, deixou um álbum e um DVD de memórias gravados dois dias antes de morrer, no dia 20 de janeiro de 2022.

De acordo com Mestre da Lua, percussionista que trabalhava com a cantora desde 2017, o álbum e o DVD reúne os maiores sucessos da carreira da cantora. Ao todo, 16 músicas fizeram parte do repertório das gravações, que ocorreram no Theatro Municipal de São Paulo.

O material fará parte de um documentário dedicado à vida e à obra da cantora, que deve ser lançado em uma plataforma de streaming brasileira ainda em 2023.