'Um bom primeiro passo'

Os Estados Unidos repercutem a decisão da justiça de condenar o ex-policial Derek Chauvin a 22 anos e meio de prisão pelo assassinato do afro-americano George Floyd. Para uns foi pouco. Para outros foi um bom primeiro passo para reduzir a violência policial.