A um dia de deixar Botafogo, Marcinho é suspeito de atropelar um casal e fugir; homem morreu

Extra
·1 minuto de leitura
Foto: Vitor Silva/Botafogo

O lateral-direito Marcinho, do Botafogo, é o principal suspeito de ter atropelado um casal e fugido na noite da última quarta-feira. O homem morreu e a mulher ficou gravemente ferida. As informações foram divulgadas pelo site da revista Época.

O veículo, um Mini-Cooper, estaria em alta velocidade quando atingiu o casal na altura do número 17.170 da Avenida Sernambetiba, no Recreio, Zona Oeste do Rio. Maria Cristina José Soares e Alexandre Silva de Lima atravessavam a via.

A Mini-Cooper foi rebocada e abandonada próximo do apartamento de Marcinho. Chamados por pedestres, os policiais fizeram buscas na região e encontraram o carro na Rua Hermes de Lima, também no Recreio. A Polícia Civil realizou perícia no carro e recolheu impressões digitais.

- Marcinho é suspeito de ter atropelado o casal e fugido depois do acidente. Nossas equipes estão na rua pra cumprir outras diligências, como buscar imagens de câmeras de segurança e identificar testemunhas. O carro também está sendo apreendido para que uma nova perícia complementar seja feita - afirmou o delegado Alan Luxardo.

O Botafogo informou que ainda não obteve contato com o jogador. Ele está em vias de deixar o clube. Seu contrato se encerra nesta quinta, último dia de 2020.