Um milhão nas ruas

O primeiro-ministro francês, Edouard Philippe, declarou que o governo está comprometido com o ‘equilíbrio do sistema de aposentadorias’. Os sindicatos divulgaram que 1,8 milhão de pessoas foi às ruas nesta terça-feira contra a reforma.