Um Só Planeta recebe prêmio internacional de inovação jornalística

Um Só Planeta, o maior movimento editorial brasileiro contra a crise climática, recebeu nesta quarta-feira (15) o prêmio Covering Climate Now de jornalismo ambiental na categoria “Inovação”.

Cobrança: ONGs pedem que justiça cobre R$ 247 milhões de desmatadores por dano climático

Desafios: Crise ambiental exige reconhecer Amazônia como centro do mundo

O prêmio é organizado pela rede global Covering Climate Now, fundada em 2019 nos EUA, que reúne mais de 460 organizações jornalísticas do mundo todo. Em sua segunda edição, o Covering Climate Now Journalism Awards contou com mais de 900 inscritos de 65 países.

Em outro reconhecimento neste mês, a reportagem de Um Só Planeta “Rumo à transição verde -- Mundo tem o desafio de ‘massificar’ transporte com emissão zero”, de autoria do jornalista Guilherme Justino, recebeu menção honrosa na categoria Jornalística do Prêmio AEA de Meio Ambiente ESG 2022, promovido pela Associação Brasileira de Engenharia Automotiva.

O movimento Um Só Planeta foi criado em fevereiro de 2021 e é atualmente composto por 22 veículos jornalísticos da Editora Globo, de Edições Globo Condé Nast e do Sistema Globo de Rádio, que produzem reportagens sobre como promover práticas sustentáveis e enfrentar a crise climática. As reportagens levam um selo especial e coexistem em sites, jornais, revistas, e-books e programas de rádio, além de serem reunidas em uma plataforma própria (www.umsoplaneta.globo.com).

A iniciativa também produz reportagens multiplataforma com equipe dedicada. Em seu primeiro ano de vida, a iniciativa gerou 40 lives, 62 episódios de podcasts e mais de 5 mil posts em redes sociais. O movimento conta com apoio do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) e tem como parceiros patrocinadores Engie e Vivo. Ainda neste mês, Um Só Planeta publicará um novo anuário de sustentabilidade, nas versões impressa e digital, pelo segundo ano consecutivo.

Com o apoio da consultoria O Mundo que Queremos e da ONG Iniciativa Verde, o movimento plantou 12,9 mil mudas de espécies nativas da Mata Atlântica para compensar a emissão de carbono dos veículos envolvidos. A compensação inclui, ainda, ao menos dois anos de manutenção das mudas.

Os prêmios em junho não foram os primeiros dados ao projeto. Em 2021, Um Só Planeta já havia recebido menção honrosa na categoria “Melhor site ou serviço móvel de notícias” no Latam Digital Media Awards, concedido pela World Association of Newspapers and News Publishers (WAN-IFRA).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos