Um suspeito morre e outro é preso em operação na Cidade de Deus

Rafael Nascimento

RIO — Um suspeito morreu e outro foi preso durante uma operação da Polícia Militar na Cidade de Deus, Zona Oeste do Rio, nesta segunda-feira. A ação tinha o objetivo de, segundo a corporação, "coibir ações de criminosos na comunidade". Na ação, os militares foram recebidos a tiros e houve confronto. Um dos integrantes do bando foi atingido. O homem, que chegou a ser socorrido e levado para o Hospital municipal Lourenço Jorge, também na Zona Oeste, não resistiu aos ferimentos.

Outro suspeito também foi capturado pelos policiais militares durante a operação na Cidade de Deus. As identidades deles não foram reveladas. Com os dois, os PMs apreenderam uma pistola, calibre 9mm, um rádio comunicador, um caderno com anotações para o tráfico, além de uma quantidade maconha ainda não especificada.

Posteriormente, a PM foi informada de que outro homem havia dado entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade de Deus, com ferimentos provocados por tiro. Ele foi medicado e liberado.

Sobre este último caso, a corporação acrescentou que "a vítima terida dado entrada na UPA minutos antes da operação" na comunidade.

No período da manhã, moradores relataram terem ouvidos disparos na região. Imagens feitas pelo Globocop e exibidas no jornal Bom dia Rio, da TV Globo, mostraram traficantes armados tentando fugir dos policiais por diversas ruas na comunidade.

Com pistolas e fuzis, vários grupos fugiam em motos e outros corriam entre moradores que saíam de casa para trabalhar e estudar.

Os casos na Cidade de Deus foram registrados na 32ª DP (Taquara) e Delegacia de Homicídios da Capital (DH).