'Uma das maiores artistas de sua geração': autoridades e políticos lamentam morte de Marília Mendonça

·2 min de leitura

BRASÍLIA — A morte da cantora Marília Mendonça, reconhecida por revolucionar o gênero do sertanejo, em um acidente de avião nesta sexta-feira também levou políticos e autoridades a lamentarem a tragédia.

Nas redes sociais, autoridades como o presidente Jair Bolsonaro, o ministro Luis Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, expressaram seu sentimento de tristeza com a morte de Marília Mendonça.

— O país inteiro recebe em choque a notícia do passamento da jovem cantora sertaneja Marília Mendonça, uma das maiores artistas de sua geração, que com sua voz única, seu carisma e sua música conquistou o carinho e a admiração de todos nós — afirmou o presidente em suas redes sociais.

Bolsonaro afirmou ainda que o sentimento da morte de Marília Mendonça é equivalente ao de alguém próximo, "já que Marília sempre esteve presente em nossas vidas através de suas canções."

Também em suas redes sociais, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, demonstrou sua solidariedade com familiares, fãs e amigos da cantora.

— Com tristeza recebo a notícia do falecimento da cantora Marília Mendonça, morta precocemente aos 26 anos, vítima de acidente aéreo em Minas Gerais. Expresso meus sentimentos aos familiares, aos fãs e aos amigos da artista, bem como aos familiares e amigos das demais vítimas do acidente — escreveu.

Ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso lamentou o fato de que a cantora estava no auge da juventude e da fama.

— Muito, muito triste a morte no auge da juventude e da fama da cantora e compositora Marília Mendonça, "rainha da sofrência". Quando postei uma música dela aqui, alguns meses atrás, a repercussão foi imensa. Meu carinho e solidariedade ao filho, à família e aos seus admiradores — afirmou.

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, declarou três dias de luto oficial em Goiás, estado natal de Marília Mendonça e colocou à disposição um espaço para que os familiares possam realizar o velório da cantora.

— Três dias de luto oficial em Goiás. E o velório de Marília Mendonça está autorizado a ser no Goiânia Arena, ao lado do Estádio Serra Dourada, para que os fãs possam se despedir, se esse for o desejo da família.

O ex-presidente Lula também lamentou a morte da artista em suas redes sociais.

— Nossos sentimentos aos familiares e milhões de fãs da música, do carisma e da irreverência da cantora Marília Mendonça. Que Deus dê forças e conforte o coração de todos que perderam um ente querido nesse trágico acidente — escreveu o petista.

Governador de São Paulo, João Doria destacou que a mudança realizada por Marília Mendonça no sertanejo encantou Goiás e conquistou os brasileiros.

— Minha solidariedade à família e aos fãs de Marília Mendonça pela perda precoce de uma artista tão amada. Marília encantou Goiás, sua terra querida, e conquistou os brasileiros. O acidente de hoje deixa o Brasil chocado e entristecido — afirmou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos