Uma escolha difícil

Uma médica brasileira que construiu a vida em Nova York tomou uma decisão no início da pandemia: ficar no Brasil e integrar a linha de frente no combate ao coronavírus. Um ano depois, ela reflete sobre as consequências da escolha que fez de ajudar o país.