Uma semana de protestos mortais na África do Sul

A semana de violentos distúrbios deixou mais de 100 mortos na África do Sul. Os protestos contra a prisão do ex-presidente Jacob Zuma se espalharam com saques a lojas e incêndios, desencadeando uma das ondas de violência mais graves desde o início da democracia racial, há 27 anos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos