União Brasil quer atrair Rodrigo, Eduardo Leite e outros tucanos

***ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, 19.11.2021 - O governador eleito do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)
***ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, 19.11.2021 - O governador eleito do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Passada a eleição, o União Brasil almeja engordar seus quadros investindo na desidratação de outras legendas. Um dos alvos preferenciais deve ser o PSDB.

Estão na mira o governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, e o governador eleito do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. Já houve conversas exploratórias da direção do União com ambos.

Na semana passada, o União Brasil conseguiu provocar um primeiro desfalque nos quadros tucanos, ao filiar o prefeito de Porto Velho (RO), Hildon Chaves.

O PSDB discute com o Cidadania, partido com o qual atualmente forma uma federação, fundirem-se completamente até o final do ano. Ambos os partidos tiveram derrotas na atual eleição, sobretudo o PSDB, que perdeu o governo de São Paulo.