União Europeia acerta base para negociar saída do Reino Unido

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Líderes da União Europeia acertaram neste sábado (29) por unanimidade as bases para negociar o processo de saída do Reino Unido do bloco europeu.

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, afirmou que os líderes europeus endossaram as diretrizes que vão governar a forma como a UE vai negociar com o Reino Unido após o país deixar o bloco.

Em um tuíte neste sábado, Tusk escreveu: "diretrizes adotadas por unanimidade. O mandato político firme e justo da UE para as conversas sobre o 'brexit' está pronto."

Os líderes da União Europeia se reuniram neste sábado em Bruxelas (Bélgica) sem a presença da primeira-ministra britânica, Theresa May. As negociações devem começar após as eleições britânicas de 8 de junho.

O Reino Unido só teria uma eleição nacional em 2020, mas May decidiu antecipar a votação como uma forma de fortalecer a posição do governo nas negociações com a UE sobre a saída do Reino Unido do bloco.

Mais cedo, o primeiro-ministro sueco, Stefan Lofven, afirmou que o objetivo do encontro deste sábado era "obter uma saída ordenada para o Reino Unido e garantir um bom relacionamento no futuro."

O premiê dinarmarquês, Lars Loekke Rasmussen, que também participou da reunião, afirmou que o 'brexit' seria "um grande desafio para todos", mas que os países da União Europeia "não iriam punir o Reino Unido" por deixar o bloco.