União Europeia troca de sede de cúpula em Bruxelas por causa de fumaça tóxica

A União Europeia anunciou nesta quarta-feira que a cúpula de seus líderes que deveria ser realizada em sua nova sede, de 320 milhões de euros, deverá ser transferida para outro prédio, por causa de um incidente envolvendo fumaça tóxica

A União Europeia anunciou nesta quarta-feira que a cúpula de seus líderes que deveria ser realizada em sua nova sede, de 320 milhões de euros, deverá ser transferida para outro prédio, por causa de um incidente envolvendo fumaça tóxica.

"Ante o incidente de hoje no prédio Europa, foi decidido, como medida de prevenção, que o Conselho Europeu dos dias 19 e 20 de outubro seja realizado no prédio Justus Lipsius", explicou o Conselho Europeu em um comunicado.

O prédio da UE foi evacuado nesta quarta-feira por causa de emanações tóxicas, dias depois que aconteceu uma evacuação similar, informou o Conselho da UE.

Várias pessoas que apresentavam, em princípio, sintomas leves, foram levadas para o hospital por se sentir mal, indicou à AFP o secretário-geral do Conselho de Segurança da UE.

Na sexta passada, 20 pessoas foram intoxicadas e internadas pelo vazamento de produtos químicos em um prédio da União Europeia.

O prédio Europa, que costuma abrigar reuniões ministeriais e dos dirigentes da UE, também foi evacuado.

Um porta-voz dos bombeiros de Bruxelas disse à AFP que as pessoas sofreram de "formigamento nos olhos e vômitos".