União Brasil cogita lançar Moro como candidato ao governo de SP, diz colunista

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Até agora, articulação era para que Sergio Moro saísse como candidato ao Senado na chapa de Rodrigo Garcia (Foto: EDUARDO MATYSIAK/AFP via Getty Images)
Até agora, articulação era para que Sergio Moro saísse como candidato ao Senado na chapa de Rodrigo Garcia (Foto: EDUARDO MATYSIAK/AFP via Getty Images)

Resumo da notícia

  • Sergio Moro pode ser candidato do União Brasil ao governo de São Paulo

  • Partido estaria ameaçando romper com Rodrigo Garcia, do PSDB

  • Ideia do União Brasil é ter palanque para Luciano Bivar em São Paulo

Sergio Moro (União Brasil) ainda pode ser candidato a um cargo executivo em 2022. O União Brasil ameaça romper com Rodrigo Garcia (PSDB) e deixar de apoiar o tucano à reeleição. A informação foi revelada pelo colunista Igor Gadelha, do jornal Metrópoles.

No partido, a ideia seria que Sergio Moro poderia dar palanque para Luciano Bivar, pré-candidato do União Brasil à presidência. Além disso, o ex-juiz também poderia ajudar a angariar votos para candidatos à deputados federais.

“Há membros da executiva em São Paulo que querem colocar o Moro candidato a governador para ter um palanque no estado, fortalecer o 44 (número do União Brasil). Para alguns deputados, isso é conveniente porque, com uma candidatura a governador, você teria um voto de legenda mais considerável”, declarou o vice-presidente do União Brasil em SP, Júnior Bozzella, ao Metrópoles.

Quem também teria papel fundamental na construção da chapa do União Brasil em São Paulo seria a esposa do ex-juiz, Rosângela Moro.

“Com Moro governador e a Rosângela deputada, você teria muito voto de legenda, e a Rosângela, automaticamente, herdaria esses votos que o Moro teria para deputado federal. Então, uniria o útil ao agradável. Seria um belíssimo palanque para o Bivar em São Paulo, além de favorecer a chapa de deputado federal em São Paulo e o União Brasil no país como um todo”, explicou Bozzella.

Antes, União Brasil e PSDB articulavam uma aliança em que Sergio Moro sairia como candidato ao Senado na chapa de Rodrigo Garcia.

Ainda segundo o Metrópoles, o partido está insatisfeito com Garcia porque o governador não estaria cumprindo acordou políticos. Um dos problemas teria relação com o nome de Luciano Bivar nas inserções que vão ao ar na televisão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos