Putin acusa EUA de ajudarem terroristas com seu ataque contra a Síria

Moscou, 14 abr (EFE).- O presidente da Rússia, Vladimir Putin, classificou neste sábado de "agressão contra um Estado soberano" o ataque dos Estados Unidos e seus aliados contra a Síria, e acusou Washington de ajudar com sua ação os terroristas que atuam no país árabe.

"Com as suas ações, os EUA pioram ainda mais a catástrofe humanitária na Síria. Eles levam sofrimento para a população civil, e de fato, toleram os terroristas que torturam há sete anos o povo sírio", disse Putin, em comunicado divulgado pelo Kremlin. EFE