Unidade é força: Jogadores do Liverpool reforçam protestos contra violência policial

Nathalia Almeida

O assassinato de George Floyd, asfixiado ao ser imobilizado com os joelhos por mais de 8 minutos por um policial em Minneapolis, desencadeou uma série de protestos ao redor do mundo. Personalidades do esporte não se mantiveram alheios ao caso, com inúmeros atletas, de múltiplas modalidades, protestando publicamente contra a ação e contra os recorrentes casos de violência policial direcionados à população negra.


Como destaca o Globoesporte, a rodada 29 da Bundesliga, realizada neste final de semana, foi marcada por manifestações públicas de jogadores. Jadon Sancho, do Borussia Dortmund, utilizou uma camisa pedindo 'justiça' por George Floyd, enquanto Marcos Thuram, do Mönchengladbach, se ajoelhou após anotar um dos gols da vitória de sua equipe. Diversas estrelas do esporte mundial, como Lewis Hamilton (F1), Naomi Osaka (tênis) e Lebron James (NBA) também se posicionaram publicamente sobre o caso.


SC Paderborn 07 v Borussia Dortmund - Bundesliga

Nesta segunda-feira (1º), foi a vez do elenco do Liverpool endossar as manifestações. Antes de uma atividade de treinamento, todos os jogadores se ajoelharam ao redor do grande círculo, protesto registrado em foto já publicada por diversas referências do elenco como Virgil van Dijk, James Milner, Joe Gómez e Roberto Firmino. Como legenda, a frase: 'Unidade é força #BlackLivesMatter', ou 'Vidas Negras Importam', em tradução livre.


Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique aqui.