Unidades do Minha Casa Minha Vida poderão receber pessoas em quarentena por coronavírus

Camelô vende máscara de proteção em rua do Rio de Janeiro

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, disse nesta quarta-feira que unidades habitacionais do programa Minha Casa Minha Vida poderão ser disponibilizadas para receber pessoas que precisem ficar em quarentena por causa do coronavírus.

Em coletiva de imprensa no Palácio do Planalto, da qual também participaram o presidente Jair Bolsonaro e outros ministros, Marinho afirmou que a estrutura de SMS e TV Digital da Defesa Civil ficará à disposição para a distribuição de informações do Ministério da Saúde à população.


(Por Lisandra Paraguassu)