Universidade Veiga de Almeida aumenta oferta de serviços gratuitos ou a preços baixos

·2 min de leitura

RIO — A partir do primeiro semestre de 2022, o campus Barra da Universidade Veiga de Almeida (UVA) começará a oferecer, gratuitamente ou a preços populares, mais serviços de saúde para a comunidade. O objetivo é criar um espaço no qual pacientes que tiveram alta médica possam seguir fazendo o acompanhamento necessário. Eles terão acesso a serviços de odontologia, enfermagem, fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia e nutrição. Também haverá tratamentos para pets, alguns feitos em parceria com clínicas privadas da região, dependendo da necessidade.

Os serviços serão prestados por alunos da instituição sob orientação de professores. O público-alvo são moradores de baixa renda de Barra, Recreio e Jacarepaguá, mas não haverá restrição ao atendimento de pessoas vindas de outros bairros.

Para dar início ao projeto, este ano a unidade da Barra passou a oferecer os cursos de Odontologia, Enfermagem e Medicina Veterinária, de modo que houvesse estudantes habilitados a prestar os atendimentos sociais a partir de 2022 nestas áreas.

— Nos últimos anos, percebemos uma procura grande de alunos por determinados cursos da área de saúde. Ao mesmo tempo, identificamos uma carência do entorno de ter uma prestação mais completa de alguns serviços. Por isso, começamos a discutir a possibilidade de criar esse polo — explica Davino Pontual, diretor de marketing e comunicação da Veiga de Almeida.

Como parte do projeto, também no início de 2022 a universidade vai inaugurar os laboratórios de anatomia animal, análises clínicas, enfermagem, radiologia odontológica (com aparelhos de raio X digital que permitirão que os alunos aprendam a radiografar os pacientes e analisar os resultados dos exames) e materiais dentários (com bonecos que auxiliarão os alunos no estudo de práticas odontológicas, uma atividade pré-clínica).

O laboratório de Serviço de Psicologia Aplicada (SPA), que havia interrompido o atendimento à população na pandemia, foi reformado. Em 2022, voltarão a ser oferecidas opções como terapias cognitivo-comportamental e existencial humanista, serviços de psicanálise e acolhimento estudantil.

Os horários de atendimento de todos os novos serviços e os preços ainda estão sendo definidos.

A Veiga de Almeida também pretende aproveitar melhor o espaço de 12 mil metros quadrados do campus Barra para organizar eventos ao ar livre. Em novembro, haverá a segunda edição do UVA Maker Day, voltado para estudantes do ensino médio.

— É um feira de profissões em que receberemos alunos de 20 escolas da Barra e de Jacarepaguá — diz Davino Pontual. — Inicialmente, os encontros serão voltados principalmente para esse público. Mas também vamos fazer com que alguns eventos realizados pelos nossos alunos, como a Semana da Comunicação, sejam abertos à população.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos