Urso mata visitante no Parque Nacional do Alasca

(Arquivo) A vítima, de San Diego, Califórnia, estava fotografando o animal a menos de 45 metros de distância (AFP)

Um campista foi dilacerado até a morte por um urso no Parque Nacional do Alasca, nos Estados Unidos, após tirar fotografias do animal, disse neste domingo o Serviço de Parques Nacionais desse estado.

A vítima, de San Diego, Califórnia, estava fotografando o animal a menos de 45 metros de distância - contrariando as diretrizes do Parque Nacional Denali - na sexta-feira, quando foi atacado.

"Três visitantes descobriram uma mochila abandonada (...) e depois viram evidências de uma luta violenta, com roupas rasgadas e sangue", disse Servilo de Parques sobre o ataque, o primeiro registrado na reserva do Alasca.

"As evidências iniciais indicam que o ataque aconteceu nas proximidades do rio Toklat e que depois o urso levou a vítima para um local mais afastado", disse o comunicado.

O animal foi capturado e morto no sábado, segundo o Alaska Dispatch, que cita como fonte o superintendente do Parque Nacional Denali, Paul Anderson.